Novas estações de Metrô dão 'cara nova' para Linha 5-Lilás.

‘Bolhas’ são marca de Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin, que serão abertas em agosto.

Alckmin dá prazo para Linha 6 até fim de julho enquanto torce por interesse de Grupo espanhol.

Trata-se do grupo Cintra-Ferrovial, que tem demonstrado interesse não só em comprar a parte das empresas brasileiras no consórcio, como também de buscar o financiamento do BNDES e retomar as obras.

Sander, ex-vocalista da boyband Twister, fala sobre tocar no metrô: 'Muito mais feliz do que era antes'.

Sander Mecca, cantor que já foi figurinha fácil em TVs e rádios do Brasil na boyband Twister, tem se apresentado há três meses nas linhas verde e azul do metrô de São Paulo.

Atraso deixa projeto do metrô no ABC mais caro

Previsto para estar em funcionamento em 2014, o projeto da linha 18-Bronze do Metrô, que deve ligar o ABC à capital por meio de sistema monotrilho, já apresenta custo acima do que foi estimado inicialmente.

Hístorias

Memórias do Metrô.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Metrô terá operação diferenciada em três linhas no próximo domingo (23)

No próximo domingo (23), em razão de obras de expansão e de testes programados, três linhas de metrô terão mudanças na operação habitual. Na Linha 4-Amarela (Butantã – Luz), operada pela Concessionária Via Quatro, para dar continuidade à montagem das portas de plataforma e prosseguimento das obras civis da futura estação Higienópolis-Mackenzie, as estações República e Luz permanecerão fechadas durante todo o dia. No trecho entre as estações Butantã e Paulista, a circulação dos trens da Linha 4 ocorrerá normalmente.

Os passageiros poderão utilizar o próprio sistema metroviário para realizar seus trajetos. Os usuários que entrarem nas estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima e Fradique Coutinho com destino às estações República e Luz devem desembarcar na estação Paulista e seguir viagem utilizando a integração com a Linha 2-Verde. Já os passageiros com destino à Linha 4-Amarela, que estiverem tanto na estação Luz, na Linha 1-Azul, quanto em República, na Linha 3-Vermelha, devem se dirigir até a estação Consolação, na Linha 2-Verde, onde será possível transferir-se para a Linha 4 e prosseguir viagem pelo sistema.

Vale lembrar que as estações República (Linha 3-Vermelha) e Luz (Linha 1-Azul) do Metrô funcionarão normalmente.

Testes alteram operação nas linhas 15-Prata e 5-Lilás.

Foto: Redes Sociais
Nas linhas 15-Prata do monotrilho (Oratório – Vila Prudente) e 5-Lilás (Capão Redondo – Adolfo Pinheiro) a alteração no horário de operação ocorre em função de testes programados no novo sistema de controle dos trens.

Na Linha 15-Prata, as estações Vila Prudente e Oratório deverão permanecer fechadas ao público das 4h40 às 16 horas. Nesse período, os usuários serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), que circularão no trecho entre as duas estações no período de testes.

Já na Linha 5-Lilás, todas as estações permanecerão fechadas das 4h40  às 12h00. Nesse período, os passageiros também serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão entre as estações Capão Redondo e Adolfo Pinheiro até a abertura das estações. Os usuários da Linha 9 - Esmeralda da CPTM, que fazem transferência gratuita para o Metrô na estação Santo Amaro, também serão atendidos pela estratégia. Já as linhas de ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) serão remanejadas das estações Capão Redondo e Campo Limpo para a estação Santo Amaro.

Para informar sobre as alterações programadas, o Metrô emitirá mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocará cartazes nas estações das linhas envolvidas e publicará informativos nas redes sociais. Em caso de dúvidas, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que atende diariamente, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da Via Quatro (0800 770 7100) atende de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas, e aos sábados e domingos, das 8h às 18 horas.

Estação Palmeiras-Barra Funda recebe ação do Sebrae-SP na próxima semana.



Foto: Redes Sociais
A partir da próxima segunda-feira, dia 24, os usuários que já são micro ou pequenos empresários, aqueles que pensam em conhecer mais sobre empreendedorismo e estiverem em circulação pela estação Palmeiras-Barra Funda vão poder interagir com analistas do SEBRAE-SP (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo).

Os profissionais estarão no local para prestar alguns serviços oferecidos pela entidade, como: formalização, abertura ou encerramento de empresas; impressão de boletos; preenchimento de declaração anual e orientações sobre parcelamento de dívidas empresariais. Os serviços oferecidos são gratuitos.

No interior da estação, a equipe do SEBRAE estará próximo às catracas e também do lado de fora, no veículo SEBRAE Móvel, que estará estacionado ao lado da estação. O serviço será oferecido em Palmeiras-Barra Funda das 10h até as 16h, nas seguintes semanas: 24/07 a 28/07; 31/07 a 04/08; 15/08 a 18/08.


Estações do metrô terão testes para detecção da Hepatite C

Foto: Redes Sociais
De segunda (24) a sexta-feira (28), os usuários que passarem pelas estações Santana (Linha-1 Azul), Tamanduateí (Linha 2-Verde) e Brás (Linha 3-Vermelha), entre 8h às 17h, poderão realizar o exame para detecção da Hepatite C gratuitamente pela campanha Hepatite Zero.

Nas três estações, enfermeiros aplicarão cerca de 15 mil testes nos interessados. As pessoas com resultado positivo serão encaminhadas para médicos especialistas. Panfletos com orientações sobre prevenção à doença estarão disponíveis aos interessados.

Esta ação é promovida pela Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite (ABPH) e conta com o apoio do Metrô.


Metrô conclui construção da via da Linha 15-Prata

Com as duas últimas vigas-guia de concreto no lugar, obra do monotrilho conclui etapa importante do processo de implantação. Cada peça pesa 70 toneladas.

Foto: CPTM Noticiando
Nesta sexta-feira, 21 de julho, o Metrô conclui o lançamento das vigas-guia, espécie de trilhos de concreto, da linha 15-Prata. Com isso, toda a via do monotrilho estará implantada avançando mais uma etapa para o funcionamento da linha, de Vila Prudente até São Mateus, na zona leste da capital.

As duas últimas vigas serão instaladas na chegada à futura estação São Mateus, sobre a avenida Sapopemba. Elas vão compor o chamado "track switch" que atua movimentando as vigas, permitindo que o trem mude de uma via para outra.

Ao todo, o trecho Vila Prudente-São Mateus tem 868 vigas-guia ao longo de 13 quilômetros, além de outras 256 que compõem o pátio Oratório, totalizando 1.124 unidades. Cada viga tem, em média, 30 metros de comprimento, 70 centímetros de largura e pesa 70 toneladas.

A implantação da linha 15-Prata conta atualmente com 2.000 funcionários no empreendimento. Agora, os trabalhos estão concentrados na construção simultânea de oito estações. Essas obras são do trecho prioritário da linha, que vai de Vila Prudente a São Mateus, com dez estações, um pátio de manutenção e 13 quilômetros de extensão. O trecho atenderá mais de 300 mil pessoas por dia, utilizando 27 trens.

O primeiro trecho, com duas estações e 2,3 km entre Vila Prudente e Oratório, já foi concluído e opera desde 2014, permitindo a integração gratuita com a linha 2-Verde e proporcionando o acesso a uma rede de 339 km de trilhos, em 22 municípios, por uma única tarifa. Já o segundo trecho inclui outros 10,7 km de vias elevadas e oito estações com previsão de entrega no primeiro semestre de 2018: São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói, Vila União, Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus.


quinta-feira, 20 de julho de 2017

Funcionários do metrô ameaçam entrar em greve na próxima quinta-feira (27)

Sindicato é contra a privatização. Funcionários estão em “estado de greve”.

Foto: Redes Sociais
Há cerca de alguns meses, o Sindicato dos Metroviários de São Paulo vem realizando campanhas e mobilizações nas estações do Metrô contra a privatização. O Governador Geraldo Alckmin concebeu para a iniciativa privada as bilheterias da Linha 5-Lilás, que atualmente liga a estação Capão Redondo até Adolfo Pinheiro, e a operação da Linha quando concluída as obras até a estação Chácara Klabin, fazendo interligação com a Linha 2-Verde. Além da Linha 5-Lilás, o Governo também está licitando as linhas dos Monotrilhos 15-Prata e 17-Ouro para ser entregues à iniciativa privada, onde tem um leilão marcado para o dia 28 de setembro.

Segundo o Sindicato, a privatização que o Governo Alckmin está realizando favorece empresas que só buscam extrair lucro dos transportes enquanto a populações sofre com a perda de qualidade.

Em nota, o Sindicato dos Metroviários de São Paulo informou que os metroviários de São Paulo são contrários à privatização das Linhas 5-Lilás e 17-Ouro, e que o Metrô continua a implantação das bilheterias terceirizadas. O Sindicato informou ainda que depois da Linha 5, a Companhia já iniciou o treinamento dos bilheteiros terceirizados para atuação nas Linhas 2-Verde e 1- Azul.

Os funcionários decretaram nessa semana entrar em “estado de greve”, realizando mobilizações e campanhas nas estações, uso de coletes e adesivos, e, no dia 24, a retirada de uniformes. Segundo o Sindicato, foi aprovado um indicativo de paralisação à partir das 0h na próxima quinta-feira (27).

Uma assembleia está marcada para hoje (20), às 18h30 na sede do Sindicato. “É preciso preparar a paralisação contra a terceirização e a privatização. A categoria decretou Estado de Greve e indicativo de greve para 27/7.” Informa o Sindicato.

As informações são de Anderson Dantas (Repórter Mobilidade Sampa)

Estações Luz e República da Linha 4-Amarela fecham neste domingo

Os passageiros devem ficar atentos a mudanças na operação da Linha 4-Amarela neste domingo, dia 23. As estações Luz e República estarão fechadas para embarque e desembarque durante toda a operação comercial (4h40 à meia-noite).

Foto: Redes Sociais
A restrição operacional ocorrerá para execução de obras na futura estação Higienópolis-Mackenzie, sob responsabilidade da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô. Caso os serviços terminem antes do programado, a operação normal será retomada.

Os passageiros poderão utilizar o próprio sistema metroviário para realizar seus trajetos. Os usuários que entrarem nas estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima e Fradique Coutinho com destino às estações República e Luz devem desembarcar em Paulista e seguir viagem usando a integração com a Linha 2-Verde do Metrô. 

Na estação Luz, os passageiros devem utilizar a integração com a Linha 1-Azul do Metrô. Quem estiver na estação República pode fazer a transferência para a Linha 3-Vermelha do Metrô para prosseguir sua viagem pelo sistema. As estações República (Linha 3-Vermelha) e Luz (Linha 1-Azul) do Metrô funcionam normalmente. A operação será normal nas demais estações da Linha 4-Amarela no trecho entre as estações Paulista-Butantã.

Com a operação diferenciada deste domingo, a orientação aos usuários será reforçada em toda a Linha 4-Amarela com cartazes, mensagens sonoras e veiculação de informações nos monitores de TV das estações, plataformas e trens. 

A equipe de atendimento também está preparada para auxiliar os usuários nos deslocamentos, minimizar os impactos das mudanças e garantir a segurança.

Informações adicionais podem ser obtidas na Central de Atendimento (0800 770 7100), de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, sábado e domingo, das 8h às 18h. Outros canais de comunicação também estão à disposição, como a Ouvidoria (ouvidoria@viaquatro.com.br) e o Fale Conosco no link http://www.viaquatro.com.br/fale-conosco

As informações são da ViaQuatro

Banda dos seguranças do metrô se apresenta na estação Ana Rosa

Nesta quinta-feira (20) a Estação Ana Rosa, da Linha 1-Azul, será palco de mais uma apresentação da Banda dos Seguranças do Metrô. O show acontece na área livre a partir das 18h.

Foto: Metrô em Foco
As apresentações têm reunido centenas de usuários e recebido elogios do público. Com um repertório eclético, a banda busca atender aos mais variados gostos musicais, do rock clássico ao samba, passando pelo sertanejo, gospel e até ópera. Nesta apresentação, os seguranças reúnem obras de grandes nomes da cena musical internacional como Queen, Guns N’ Roses e Johnny Rivers, passando por artistas consagrados do Brasil como Tim Maia e Mamonas Assassinas. O espaço para os hits do momento também está garantido, com sucessos de Wesley Safadão e da dupla sertaneja Henrique e Juliano.

Formada por dez agentes, a banda tem se revelado sucesso de público nas estações do Metrô. Parte do projeto Linha da Cultura, a proposta é levar entretenimento aos passageiros oferecendo um atendimento cada vez melhor ao usuário da rede. Suas apresentações mensais já foram vistas por aproximadamente 65 mil pessoas. A página da banda no Facebook tem 41 mil seguidores e já recebeu mais de 42 mil curtidas.

As apresentações acontecem uma vez por mês em estações pré-definidas pelo Metrô. Para acompanhar a programação completa da Linha da Cultura, acesse: http://www.metro.sp.gov.br/cultura/linha-cultura/programacao.aspx.